Com vocês, Fotograma…

Antes da descoberta da fotografia, os primeiros passos para captura da imagem ou escrita da luz foram testados antes pelo filósofo Aristóteles e por outros interessados em imagens. No século X, já se observava Eclipse solar por técnica simples, ou seja, um orífico em uma estrutura (parede) que recebe a passagem da luz em um quarto escuro conhecido também como câmara obscura. Essa “ciência”, com o passar do tempo, tem atraído novos olhares e dedos curiosos, como de médicos, pintores, artesãos, fabricantes de porcelanas, físicos, químicos, e cada vez mais avanço na captura de silhuetas, formas e contornos das imagens. Os equipamentos, as câmaras obscuras, começam a ganhar formas diferentes e ajuda de compostos mais enriquecidos de matérias prima.

Na procura da fórmula correta para os químicos e físicos (câmara), houve milhares de testes até a chegada da grande descoberta da fotografia pelo francês Joseph Nicéphore Niépce em 1826. São muitos os detalhes interessante da história da escrita com a luz, uma invenção conquistada com tantas mãos, instigada por Walter Benjamim em sua análise intitulada “Pequena História da Fotografia”, que deve ser registrada, catalogada, discutida e informada para que a memória fotográfica fique sempre viva. A memória fotográfica deve sempre ser contada e recontada para nunca esquecer dos detalhes que fazem parte do passado, mas que se fazem sentir até hoje, como a contribuição dos grandes filósofos.

Atualmente, vivemos num mundo tecnológico que enriquece os dedos dos “fotógrafos” de exarcebados cliques, em que se esquece do “instante decisivo” que foi eternizado pela memória, e da composição de uma imagem criada por um verdadeiro inventor. Desde a chegada das primeiras câmeras digitais as pessoas tem apertado “botões” sem lembrar da sua primeira fotografia, que mais tarde cai no esquecimento. Isso nos tem alertado para a memória fotográfica, isto é, segundo ideias benjaminianas, narrar os acontecimentos, sem distiguir o que é mais importante e menos importante, a verdade, o acontecido, os desvios, entre outros caminhos, devem ser considerados parte da história.

Vivemos num mundo fragmentado por excesso de informação e as ideias, os valores, os acontecimentos que marcaram a história da fotografia devem ser preservados. Por isso, a proposta inicial deste grupo é a construção de uma memória que mantenha vivo o príncipio da fotografia, estes são nossos primeiros passos e, progressivamente, contribuir para o registro da memória visual do sul do Brasil. Para começarmos a refletir, e assim colocarmos em prática nossa proposta em imagens, começamos com o “Buraco de Agulha” ou “Pinhole” com os alunos de Comunicação da Universidade do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Os acadêmicos fizeram sua pinhole para capturar e deixar registrado o príncipio da imagem.

O grupo é formado por professores alunos voluntários dos cursos de Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas) da Univali. Esse é o ínicio do Fotograma.

Veja alguns resultados:

Pinhole 1
Pinhole 2

pinhole 3
pinhole 4

_DSC5715 copy
Alunas do curso de Relações Públicas

About Robson Souza

Fotógrafo, Professor, Mergulhador onde desenvolveu trabalhos na área da fotografia e a cada dia procurar entender melhor o mundo da simplicidade trabalhando com uma ferramenta que todos nós temos e usamos pouco ou não usamos da forma correta/simples, seu olhar. Na área biológica onde conheceu um mundo diferente pela ocular de um microscópio vê o cotidiano de um ângulo diferente. Atualmente é professor no Centro Universitário de Brusque (Unifebe) nos cursos de Design Gráfico, Publicidade e Propaganda e Design de Moda onde leciona as disciplinas de Fotografia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: