Jaraguá do Sul acolhe família alemã…

Texto: Paulo Mueller

Colonizada por alemães, Jaraguá do Sul, localizada no norte catarinense é reconhecida hoje por sua economia essencialmente industrial. Sede de grandes empresas, principalmente no segmento de motores e vestuário, se destaca pelo trabalho e pela preservação da cultura alemã.

A foto, da década de 1970, retrata a família Hubner. Inês Mueller, natural da cidade alemã de Freiburg, veio para o Brasil na época da 2ª Guerra Mundial. Fixou moradia em Jaraguá do Sul, onde conheceu Paulo Hubner, com quem teve oito filhos. Ela não se casou oficialmente com Paulo, pois esta era a segunda união dele.

A foto mostra a Rua João Picolli, no centro da cidade, em meados dos anos 70. A pavimentação da região estava apenas no sonho desta família. A casa humilde foi o aconchego e o berço da educação típica alemã. A família vivia primordialmente da agricultura até a abertura de seu comércio. Pai e filhos inauguraram a Panificadora Jaraguá em 1979, umas das pioneiras na cidade, abandonando a agricultura.

A família Hubner tem uma das características que atribui aos jaraguaenses o título de 5ª maior economia do estado: o trabalho.

Para conhecer mais da história de Jaraguá do Sul. Clique aqui

Família Hubner - Arquivo de Família

Rua João Picolli – Centro – Jaraguá do Sul / SC – Década de 1970. Da esquerda para direita: Afonso Hubner, Waldemar Mueller, Norberto Hubner, Evaldo Hubner, Luis Hubner, Paulo Hubner, Verônica Hubner, Inês Mueller.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: